É provável que você receba uma vez ou outra em sua caixa de entrada alguns emails contando novidades sobre marcas e temas de seu interesse. Essa é a estratégia de marketing conhecida como newsletter em prática.

Seja para mostrar os bastidores do negócio, ou fornecer um botão que direciona o cliente para a finalização de uma compra com cupom de desconto, saber como fazer uma newsletter pode te ajudar a explorar uma ótima estratégia para contatar clientes individualmente e alavancar o seu negócio. 

Confere com a gente os detalhes de como funciona essa ferramenta de marketing digital.

 

via GIPHY

O que é uma newsletter?

A newsletter é essencialmente um boletim de notícias, e atualmente é uma das primeiras estratégias de email marketing utilizadas por empresas que escolhem investir nesse canal de comunicação. 

Ela pode ser resumida como uma série de emails enviados para um grupo seleto de possíveis consumidores ou clientes já fidelizados. E tem a possibilidade de oferecer os mais diversos tipos de conteúdo sobre o seu negócio

Essa estratégia também pode ser responsável por alavancar as redes sociais da empresa, tendo em vista que faz uso de CTAs — os chamados call to action, ou chamada para ação — para redirecionar os leitores até determinados canais estratégicos, como as redes sociais, site de compras ou o blog da sua marca

Por que investir na newsletter?

Ainda em dúvida sobre investir ou não em uma newsletter para o seu negócio? Vamos te mostrar as principais vantagens desse formato de mídia digital para você começar a aplicá-la sem medo. 

Informação para clientes interessados

A estratégia da newsletter começa com a captação de emails de pessoas interessadas nos seus produtos ou serviços. Após um tempo de experiência com essa estratégia, é natural que você vá construindo de forma orgânica uma lista de contatos própria para os quais você irá disparar os emails. 

Uma das grandes vantagens de se ter uma lista orgânica está justamente em dispor de uma cartela de possíveis consumidores, também chamados de leads, com grande potencial de se tornarem clientes efetivos e que possuem interesse no tipo de conteúdo que a sua empresa oferece. 

Entretanto, melhor do que ter uma lista de pessoas interessadas, é que esses possíveis clientes já estejam informados sobre a sua empresa: qual o posicionamento de marca, pontos importantes sobre a manufatura dos produtos, o nicho ou histórias interessantes de bastidores que contribuam para o valor da sua marca.  

Contato direto e fixação na memória do público-alvo

A news consegue ser uma excelente forma de fazer contato direto com seu público-alvo, afinal, ao abrir o seu email, o destinatário só terá atenção para o seu conteúdo.

E tal conteúdo deve ser um material rico e de interesse da sua persona, a qual deve ser mapeada e construída antes dos disparos de emails, para que o planejamento seja coerente com as expectativas dos leitores. 

Assim, tendo uma frequência estabelecida de envios, a sua empresa estará sempre marcando presença na caixa de entrada do seu cliente, tornando-a vívida na memória dele.

Impulsionamento das redes sociais

A newsletter também consegue ser uma grande impulsionadora de redes sociais da sua marca. Aposte na composição visual dos emails e em botões automatizados ao longo do texto que redirecionem o leitor para as outras redes sociais.

> Confira nosso texto sobre redes sociais para empresas 

Um ponto importante aqui é que todo o corpo do email precisa ser coerente e conversar entre si, ou seja, nada de colocar botões que direcionem para o seu Instagram sem que o assunto anterior ofereça margem para isso, tá bem? Siga um storytelling no seu texto e utilize os links externos de forma estratégica para converter os leitores e manter os clientes já efetivos atualizados sobre as novidades da empresa. 

 

via GIPHY

Como fazer uma newsletter

Mas afinal de contas, como colocar tudo isso em prática? Mapear, construir e enviar as primeiras newsletters da sua marca é um processo que demanda tempo, mas que pode ser transformado em algo bastante prático e rotineiro com a experiência adquirida. 

Então, vamos te mostrar agora como fazer uma newsletter com alguns passos simples, dá uma olhada:

Estabeleça o objetivo do seu contato

Pare e se pergunte: o que eu desejo alcançar com o envio das newsletters? Estar com o objetivo final definido em sua mente antes de iniciar os disparos é essencial para que um bom resultado seja alcançado.

Isso porque os emails e seus formatos podem variar bastante de acordo com a meta almejada, como alcançar mais leads, converter um maior número de potenciais clientes ou aumentar o número de acessos de uma determinada página do seu negócio. 

Defina o conteúdo 

Tendo seu objetivo em mente e sua persona definida, essa etapa se torna bastante fácil. Assim, basta trabalhar na curadoria dos conteúdos de interesse do seu público que contribuam para uma jornada baseada na meta já estabelecida. 

Você pode apostar em atualizações internas sobre a sua empresa — com direito a boas fotos dos “bastidores” ou do home office. Pode ainda lançar promoções ou descontos em seus produtos, criar um call to action para algum assunto específico do seu blog que você deseja impulsionar ou até mesmo anunciar eventos da sua marca. 

Lembre-se sempre de não converter todas as suas newsletter em emails promocionais, afinal, o seu público também está interessado em consumir conteúdos para além das compras de seus serviços ou produtos. 

Determine uma frequência e planeje o material

Meta e tipo de conteúdos definidos, é hora de colocar a mão na massa para construir um planejamento que torne todo o seu trabalho alcançável

Para tornar essa etapa mais prática, você deve escolher inicialmente a frequência de disparos dos emails da sua marca. Os envios ocorrerão semanalmente? Duas vezes por semana? Lembre-se de levar em consideração a sua meta estabelecida e o que você deseja obter de retorno com essa estratégia. 

Além disso, considere também que estamos inseridos em um mundo digital com um turbilhão de informações simultâneas. Isso torna uma constância importante para que a sua marca siga viva na memória afetiva do público.

Com a frequência definida, coloque as datas de cada conteúdo na ponta do lápis e defina o planejamento de envios com, no mínimo, um mês de antecedência. Assim você não correrá riscos e nem sofrerá com possíveis imprevistos no dia de definir o tema da próxima newsletter.

Personalize a sua newsletter

Além da coerência visual com o branding da sua marca, é importante que alguns pontos também sejam levados em consideração na construção da newsletter. 

Adicione links externos em formato de botões, aposte em imagens ao longo do seu texto para que não seja um bloco de palavras. E assine sempre o email com as informações essenciais sobre a empresa. 

Reserve, por fim, um espaço nítido e visível com um link para cancelamento da newsletter, afinal, a vontade do seu cliente deve ser sempre respeitada. 

Metrifique seus resultados

Para se manter sempre com uma boa estratégia, é essencial que uma revisão seja feita periodicamente para checar se o atual modelo de email está sendo efetivo. 

Assim, consulte o número de entrega e de abertura de todas as newsletters disparadas, a taxa de cliques em cada link adicionado e a porcentagem de novos assinantes e de cancelamento de assinaturas

 

via GIPHY

Ferramentas gratuitas para fazer uma newsletter

Por fim, nada de disparar seus emails manualmente pelo seu navegador, tá bem? Para evitar que a sua newsletter seja mandada diretamente para o spam do seu público, invista em ferramentas automatizadas de envio. 

Vamos te apresentar agora uma lista com as atuais ferramentas gratuitas mais conhecidas para você adaptar-se à que a mais funciona para o seu negócio. 

  • Mailchimp

Uma das ferramentas mais populares entre os adeptos das newsletters, o Mailchimp te dá acesso a sete canais de Marketing através da sua versão gratuita. Além disso, ele oferece modelos prontos de emails e um targeting baseado no comportamento mapeado dos consumidores. 

  • Nitronews

Primeira ferramenta brasileira voltada para a automação de emails marketing, a Nitronews possui um plano gratuito completo para quem está iniciando nessa estratégia. A versão livre te dá acesso ao cadastro de 2.000 contatos e envio de até 10.000 emails por mês. 

  • Sendinblue

A plataforma da Sendinblue consegue ser bastante prática e intuitiva, caso você ainda não possua experiência com ferramentas de automação. Ela te dá acesso à customização dos emails, disparos inteligentes e cadastro de seus contatos, além de realizar testes automáticos e constantes para melhorar a sua estratégia. 

Agora que já temos a base técnica e você sabe como fazer uma newsletter em conteúdo e estética, mãos à obra! E para deixar o seu público por dentro das próximas novidades da sua marca, que tal compartilhar esse texto em suas redes sociais? Nada como aguçar a expectativa da sua persona, não é mesmo?

Sobre o autor: Aline Barbosa

Assine a newsletter da Letra A e receba nossos conteúdos em primeira mão!

* indicates required

Intuit Mailchimp

É provável que você receba uma vez ou outra em sua caixa de entrada alguns emails contando novidades sobre marcas e temas de seu interesse. Essa é a estratégia de marketing conhecida como newsletter em prática.

Seja para mostrar os bastidores do negócio, ou fornecer um botão que direciona o cliente para a finalização de uma compra com cupom de desconto, saber como fazer uma newsletter pode te ajudar a explorar uma ótima estratégia para contatar clientes individualmente e alavancar o seu negócio. 

Confere com a gente os detalhes de como funciona essa ferramenta de marketing digital.

 

via GIPHY

O que é uma newsletter?

A newsletter é essencialmente um boletim de notícias, e atualmente é uma das primeiras estratégias de email marketing utilizadas por empresas que escolhem investir nesse canal de comunicação. 

Ela pode ser resumida como uma série de emails enviados para um grupo seleto de possíveis consumidores ou clientes já fidelizados. E tem a possibilidade de oferecer os mais diversos tipos de conteúdo sobre o seu negócio

Essa estratégia também pode ser responsável por alavancar as redes sociais da empresa, tendo em vista que faz uso de CTAs — os chamados call to action, ou chamada para ação — para redirecionar os leitores até determinados canais estratégicos, como as redes sociais, site de compras ou o blog da sua marca

Por que investir na newsletter?

Ainda em dúvida sobre investir ou não em uma newsletter para o seu negócio? Vamos te mostrar as principais vantagens desse formato de mídia digital para você começar a aplicá-la sem medo. 

Informação para clientes interessados

A estratégia da newsletter começa com a captação de emails de pessoas interessadas nos seus produtos ou serviços. Após um tempo de experiência com essa estratégia, é natural que você vá construindo de forma orgânica uma lista de contatos própria para os quais você irá disparar os emails. 

Uma das grandes vantagens de se ter uma lista orgânica está justamente em dispor de uma cartela de possíveis consumidores, também chamados de leads, com grande potencial de se tornarem clientes efetivos e que possuem interesse no tipo de conteúdo que a sua empresa oferece. 

Entretanto, melhor do que ter uma lista de pessoas interessadas, é que esses possíveis clientes já estejam informados sobre a sua empresa: qual o posicionamento de marca, pontos importantes sobre a manufatura dos produtos, o nicho ou histórias interessantes de bastidores que contribuam para o valor da sua marca.  

Contato direto e fixação na memória do público-alvo

A news consegue ser uma excelente forma de fazer contato direto com seu público-alvo, afinal, ao abrir o seu email, o destinatário só terá atenção para o seu conteúdo.

E tal conteúdo deve ser um material rico e de interesse da sua persona, a qual deve ser mapeada e construída antes dos disparos de emails, para que o planejamento seja coerente com as expectativas dos leitores. 

Assim, tendo uma frequência estabelecida de envios, a sua empresa estará sempre marcando presença na caixa de entrada do seu cliente, tornando-a vívida na memória dele.

Impulsionamento das redes sociais

A newsletter também consegue ser uma grande impulsionadora de redes sociais da sua marca. Aposte na composição visual dos emails e em botões automatizados ao longo do texto que redirecionem o leitor para as outras redes sociais.

> Confira nosso texto sobre redes sociais para empresas 

Um ponto importante aqui é que todo o corpo do email precisa ser coerente e conversar entre si, ou seja, nada de colocar botões que direcionem para o seu Instagram sem que o assunto anterior ofereça margem para isso, tá bem? Siga um storytelling no seu texto e utilize os links externos de forma estratégica para converter os leitores e manter os clientes já efetivos atualizados sobre as novidades da empresa. 

 

via GIPHY

Como fazer uma newsletter

Mas afinal de contas, como colocar tudo isso em prática? Mapear, construir e enviar as primeiras newsletters da sua marca é um processo que demanda tempo, mas que pode ser transformado em algo bastante prático e rotineiro com a experiência adquirida. 

Então, vamos te mostrar agora como fazer uma newsletter com alguns passos simples, dá uma olhada:

Estabeleça o objetivo do seu contato

Pare e se pergunte: o que eu desejo alcançar com o envio das newsletters? Estar com o objetivo final definido em sua mente antes de iniciar os disparos é essencial para que um bom resultado seja alcançado.

Isso porque os emails e seus formatos podem variar bastante de acordo com a meta almejada, como alcançar mais leads, converter um maior número de potenciais clientes ou aumentar o número de acessos de uma determinada página do seu negócio. 

Defina o conteúdo 

Tendo seu objetivo em mente e sua persona definida, essa etapa se torna bastante fácil. Assim, basta trabalhar na curadoria dos conteúdos de interesse do seu público que contribuam para uma jornada baseada na meta já estabelecida. 

Você pode apostar em atualizações internas sobre a sua empresa — com direito a boas fotos dos “bastidores” ou do home office. Pode ainda lançar promoções ou descontos em seus produtos, criar um call to action para algum assunto específico do seu blog que você deseja impulsionar ou até mesmo anunciar eventos da sua marca. 

Lembre-se sempre de não converter todas as suas newsletter em emails promocionais, afinal, o seu público também está interessado em consumir conteúdos para além das compras de seus serviços ou produtos. 

Determine uma frequência e planeje o material

Meta e tipo de conteúdos definidos, é hora de colocar a mão na massa para construir um planejamento que torne todo o seu trabalho alcançável

Para tornar essa etapa mais prática, você deve escolher inicialmente a frequência de disparos dos emails da sua marca. Os envios ocorrerão semanalmente? Duas vezes por semana? Lembre-se de levar em consideração a sua meta estabelecida e o que você deseja obter de retorno com essa estratégia. 

Além disso, considere também que estamos inseridos em um mundo digital com um turbilhão de informações simultâneas. Isso torna uma constância importante para que a sua marca siga viva na memória afetiva do público.

Com a frequência definida, coloque as datas de cada conteúdo na ponta do lápis e defina o planejamento de envios com, no mínimo, um mês de antecedência. Assim você não correrá riscos e nem sofrerá com possíveis imprevistos no dia de definir o tema da próxima newsletter.

Personalize a sua newsletter

Além da coerência visual com o branding da sua marca, é importante que alguns pontos também sejam levados em consideração na construção da newsletter. 

Adicione links externos em formato de botões, aposte em imagens ao longo do seu texto para que não seja um bloco de palavras. E assine sempre o email com as informações essenciais sobre a empresa. 

Reserve, por fim, um espaço nítido e visível com um link para cancelamento da newsletter, afinal, a vontade do seu cliente deve ser sempre respeitada. 

Metrifique seus resultados

Para se manter sempre com uma boa estratégia, é essencial que uma revisão seja feita periodicamente para checar se o atual modelo de email está sendo efetivo. 

Assim, consulte o número de entrega e de abertura de todas as newsletters disparadas, a taxa de cliques em cada link adicionado e a porcentagem de novos assinantes e de cancelamento de assinaturas

 

via GIPHY

Ferramentas gratuitas para fazer uma newsletter

Por fim, nada de disparar seus emails manualmente pelo seu navegador, tá bem? Para evitar que a sua newsletter seja mandada diretamente para o spam do seu público, invista em ferramentas automatizadas de envio. 

Vamos te apresentar agora uma lista com as atuais ferramentas gratuitas mais conhecidas para você adaptar-se à que a mais funciona para o seu negócio. 

  • Mailchimp

Uma das ferramentas mais populares entre os adeptos das newsletters, o Mailchimp te dá acesso a sete canais de Marketing através da sua versão gratuita. Além disso, ele oferece modelos prontos de emails e um targeting baseado no comportamento mapeado dos consumidores. 

  • Nitronews

Primeira ferramenta brasileira voltada para a automação de emails marketing, a Nitronews possui um plano gratuito completo para quem está iniciando nessa estratégia. A versão livre te dá acesso ao cadastro de 2.000 contatos e envio de até 10.000 emails por mês. 

  • Sendinblue

A plataforma da Sendinblue consegue ser bastante prática e intuitiva, caso você ainda não possua experiência com ferramentas de automação. Ela te dá acesso à customização dos emails, disparos inteligentes e cadastro de seus contatos, além de realizar testes automáticos e constantes para melhorar a sua estratégia. 

Agora que já temos a base técnica e você sabe como fazer uma newsletter em conteúdo e estética, mãos à obra! E para deixar o seu público por dentro das próximas novidades da sua marca, que tal compartilhar esse texto em suas redes sociais? Nada como aguçar a expectativa da sua persona, não é mesmo?

Sobre o autor: Aline Barbosa

Postagens relacionadas

Voltar para o blog

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário