Arapiraca, 16 de junho de 2020 – Atuar em defesa do Rio São Francisco é um dos compromissos da Agreste Saneamento. Neste mês, dedicado à conscientização sobre a preservação de um dos mais importantes rios brasileiros, a empresa aderiu à campanha “Eu viro carranca pra defender o Velho Chico” lançada pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do São Francisco (CBHSF) e que reforça o cuidado em utilizar os recursos hídricos de forma sustentável.

Atualmente, a operação da Agreste funciona com dois pontos de captação no rio São Francisco: um no município de São Brás e outro no município de Traipu. Ambos atuam em conformidade com as exigências legais e a empresa também adota critérios internos de preservação, conscientização e sustentabilidade.

“Acompanhamos os indicadores de qualidade da água bruta do rio diariamente. Além dos controles previstos na legislação ambiental, seguimos critérios internos que balizam as ações de uso, descarte e preservação com bastante cuidado e rigor”, enfatiza a diretora administrativa da empresa, Angela Lins.

A diretora pontua ainda que o trabalho de conscientização envolve a participação da comunidade escolar dos dez municípios atendidos pela parceria público-privada com a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal).

“Entendemos que é fundamental conscientizar as novas gerações sobre a importância de utilizar os recursos hídricos de forma sustentável. Para isso, abrimos nossas portas e apresentamos aos estudantes todo o processo de captação e tratamento da água. É a partir da compreensão sobre a complexidade do trabalho de captação e abastecimento de água, que esperamos criar essa conscientização entre eles para que passem a ser multiplicadores do uso sustentável”, esclarece.

A captação do recurso hídrico para abastecimento da população envolve um trabalho integrado de vários setores da empresa. Nos dois locais de captação, as atividades funcionam sem qualquer tipo de descarte ou retorno de materiais ao rio. “Lá, geramos resíduos que são encaminhados para devida reutilização, em um processo 100% sustentável. Nosso trabalho é levar água de qualidade aos lares alagoanos, com total respeito à legislação ambiental, mas também consideramos primordial sermos protagonistas na preservação desse bem tão precioso que é o nosso Rio São Francisco”, reforça Angela. 

Sobre a Agreste Saneamento

A Agreste Saneamento atua junto com a Companhia de Saneamento de Alagoas (CASAL) desde 2012, através de uma parceria público-privada com duração de 30 anos, com o objetivo universalizar o acesso da população à água de qualidade e assegurar melhorias nos sistemas de abastecimento de 10 municípios da região agreste do estado, beneficiando mais de 377 mil habitantes. Foi eleita a melhor empresa de médio porte para trabalhar em Alagoas, em 2018, de acordo com pesquisa realizada pela consultoria Great Place to Work Brasil (GPTW). Desde 2017, faz parte da Iguá Saneamento, companhia que está presente em 37 municípios brasileiros e que alcança 6 milhões de pessoas com o compromisso de ser a melhor empresa de saneamento para o Brasil.

Sobre a Iguá Saneamento

A Iguá é uma nova companhia de saneamento, controlada pela IG4 Capital, que atua no gerenciamento e na operação de sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, por intermédio de concessões e de parcerias público-privadas. Atualmente, está presente em 37 municípios de cinco estados brasileiros: Alagoas, Mato Grosso, Santa Catarina, São Paulo e Paraná, por meio de 18 operações que somadas beneficiam 6 milhões de pessoas. O alcance dos serviços prestados pela companhia a coloca entre os principais operadores privados do setor de saneamento do país. Em 2019, foi eleita pelo terceiro ano consecutivo uma ótima empresa para se trabalhar pela consultoria Great Place to Work (GPTW). Atualmente, emprega cerca de 1,5 mil pessoas. O nome Iguá é uma referência direta ao universo em que atua: em tupi-guarani, “ig” que dizer água. www.iguasa.com.br.

Sobre o autor: admin

Arapiraca, 16 de junho de 2020 – Atuar em defesa do Rio São Francisco é um dos compromissos da Agreste Saneamento. Neste mês, dedicado à conscientização sobre a preservação de um dos mais importantes rios brasileiros, a empresa aderiu à campanha “Eu viro carranca pra defender o Velho Chico” lançada pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do São Francisco (CBHSF) e que reforça o cuidado em utilizar os recursos hídricos de forma sustentável.

Atualmente, a operação da Agreste funciona com dois pontos de captação no rio São Francisco: um no município de São Brás e outro no município de Traipu. Ambos atuam em conformidade com as exigências legais e a empresa também adota critérios internos de preservação, conscientização e sustentabilidade.

“Acompanhamos os indicadores de qualidade da água bruta do rio diariamente. Além dos controles previstos na legislação ambiental, seguimos critérios internos que balizam as ações de uso, descarte e preservação com bastante cuidado e rigor”, enfatiza a diretora administrativa da empresa, Angela Lins.

A diretora pontua ainda que o trabalho de conscientização envolve a participação da comunidade escolar dos dez municípios atendidos pela parceria público-privada com a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal).

“Entendemos que é fundamental conscientizar as novas gerações sobre a importância de utilizar os recursos hídricos de forma sustentável. Para isso, abrimos nossas portas e apresentamos aos estudantes todo o processo de captação e tratamento da água. É a partir da compreensão sobre a complexidade do trabalho de captação e abastecimento de água, que esperamos criar essa conscientização entre eles para que passem a ser multiplicadores do uso sustentável”, esclarece.

A captação do recurso hídrico para abastecimento da população envolve um trabalho integrado de vários setores da empresa. Nos dois locais de captação, as atividades funcionam sem qualquer tipo de descarte ou retorno de materiais ao rio. “Lá, geramos resíduos que são encaminhados para devida reutilização, em um processo 100% sustentável. Nosso trabalho é levar água de qualidade aos lares alagoanos, com total respeito à legislação ambiental, mas também consideramos primordial sermos protagonistas na preservação desse bem tão precioso que é o nosso Rio São Francisco”, reforça Angela. 

Sobre a Agreste Saneamento

A Agreste Saneamento atua junto com a Companhia de Saneamento de Alagoas (CASAL) desde 2012, através de uma parceria público-privada com duração de 30 anos, com o objetivo universalizar o acesso da população à água de qualidade e assegurar melhorias nos sistemas de abastecimento de 10 municípios da região agreste do estado, beneficiando mais de 377 mil habitantes. Foi eleita a melhor empresa de médio porte para trabalhar em Alagoas, em 2018, de acordo com pesquisa realizada pela consultoria Great Place to Work Brasil (GPTW). Desde 2017, faz parte da Iguá Saneamento, companhia que está presente em 37 municípios brasileiros e que alcança 6 milhões de pessoas com o compromisso de ser a melhor empresa de saneamento para o Brasil.

Sobre a Iguá Saneamento

A Iguá é uma nova companhia de saneamento, controlada pela IG4 Capital, que atua no gerenciamento e na operação de sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, por intermédio de concessões e de parcerias público-privadas. Atualmente, está presente em 37 municípios de cinco estados brasileiros: Alagoas, Mato Grosso, Santa Catarina, São Paulo e Paraná, por meio de 18 operações que somadas beneficiam 6 milhões de pessoas. O alcance dos serviços prestados pela companhia a coloca entre os principais operadores privados do setor de saneamento do país. Em 2019, foi eleita pelo terceiro ano consecutivo uma ótima empresa para se trabalhar pela consultoria Great Place to Work (GPTW). Atualmente, emprega cerca de 1,5 mil pessoas. O nome Iguá é uma referência direta ao universo em que atua: em tupi-guarani, “ig” que dizer água. www.iguasa.com.br.

Sobre o autor: admin

Postagens relacionadas

Voltar para as notícias

Compartilhe