Os frades Capuchinhos do Convento Santo Antônio convidam toda a população a participar da 259ª Trezena em honra a um dos maiores santos da Ordem Franciscana, Santo Antônio. Entre 31 de maio e 12 de junho, serão treze dias consecutivos de celebrações religiosas e sociais realizadas na Igreja do Galo, na Cidade Alta. Uma oportunidade ímpar para os devotos do santo expressarem e renovarem sua fé, além de exercerem sua solidariedade.

A Trezena de Santo Antônio, que é patrimônio imaterial do RN conforme a lei estadual nº 11.327/2022, tem neste ano como lema: “Perseverar na oração com Santo Antônio, semeando a esperança”. Essa, de acordo com o guardião do Convento, Frei Diniz, é um chamado aos fiéis, um grande convite para a programação de missas diárias com a recitação da trezena, além da quermesse e das procissões de abertura e encerramento que vão passar pelas ruas do bairro.

Na capital potiguar, Santo Antônio é a figura católica mais cultuada pelos natalenses, logo após a padroeira da cidade, Nossa Senhora da Apresentação, tendo registros da memória devocional em diversos textos de Câmara Cascudo. Nos escritos sagrados, Ele é frequentemente mencionado como o santo taumaturgo, ou seja, realizador de milagres em vida; um grande pregador do Evangelho e protetor dos pobres, título que recebeu graças a sua obra como frei franciscano ao auxiliar os necessitados.

Público cresce a cada ano

Antes mesmo do início da programação oficial, que começa na sexta-feira (31) com uma carreata do Colégio Marista até a Igreja do Galo, já acontece uma peregrinação da imagem do santo pelas casas dos fiéis. A cada ano, o público da Trezena aumenta, chegando a ultrapassar as paredes da igreja e lotar também as calçadas.

“As pessoas que vêm ao nosso Convento para celebrar, vêm movidas pela fé e esperança para pedir a Deus pela intercessão de Santo Antônio, que proteja e abençoe as suas famílias. Às vezes, a pessoa não vem aqui durante o ano, mas na festa, faz questão de vir para agradecer pelas graças recebidas. São inúmeros os que confirmam que foram atendidas em momentos de aflição e sofrimento, que na dificuldade recorrem a Santo Antônio, que intercede a Deus por elas para que alcancem sua graça. E por isso essa ligação, esse afeto com o santo”, relata o Frei Diniz.

Benção dos pães de Santo Antônio

No encerramento da Trezena, em 13 de junho, acontece também a benção dos pães – uma tradição que faz menção a um dos muitos milagres do Santo. Conta a história que Santo Antônio sempre distribuía os pães de seu convento aos que passavam pedindo esmola; certo dia, a cozinha foi roubada e ele, então, fez surgir mais para continuar praticando a caridade.

Assim, até hoje, no dia de sua comemoração, os pães de Santo Antônio são abençoados e distribuídos aos fiéis para que nunca falte alimento na mesa. Nesta data, o Arcebispo Dom João Cardoso Santos celebra a missa das 10h na Igreja do Galo e depois, a distribuição acontece.

“Quem tem a oportunidade de participar da trezena, vê no olhar dos fiéis a ternura e gratidão a Santo Antônio, especialmente por ele ter sido um homem próximo das pessoas, que dedicou sua vida a ajudar os que mais passavam necessidade”, complementa o guardião do Convento.

Devoção e solidariedade

Segundo o Frei Diniz, é inspirado na obra de caridade de Santo Antônio que o Convento mantém a tradição de auxiliar pessoas em situação de vulnerabilidade, colocando em prática o ensinamento do evangelho. Ao longo do ano, 130 famílias são atendidas com a distribuição de cestas básicas e eventos que promovem atendimento médico e escuta ativa. Somado a isso, a instituição desenvolve a Ronda Paz e Bem, que realiza a distribuição de sopa todo domingo para uma média de 400 pessoas em situação de rua no entorno do Baldo e nos bairros do Alecrim e Ribeira.

Para ajudar a manter esse trabalho, a programação da Trezena conta com um balaio junino no valor de R$5 a ser sorteado em 16 de junho. Um bingo também será realizado após a festividade, no dia 07 de julho, para angariar fundos para o trabalho social. Aqueles que quiserem contribuir à distância, podem fazer uma doação por meio da chave PIX CNPJ 11.021.607/0006-89. Para mais informações, acesse a página @igrejadogalorn ou entre em contato pelo telefone (84) 98170-5728.

SERVIÇO – Trezena de Santo Antônio 2024

Carreata de abertura

  • Quando: 31 de maio, às 17h30
  • Onde: Saída do Colégio Marista (Rua Apodi, 330 – Tirol, Natal) em direção à Igreja do Galo  (Rua Santo Antônio, 698 – Cidade Alta, Natal)

Programação religiosa – Missas e recitação da Trezena

  • Quando: De 31 de maio a 12 de junho, às 18h
  • Onde: Igreja do Galo

Celebrações no  Dia de Santo Antônio

  • Quando: 13 de junho, com missas às 6h30, às 10h com o Arcebispo Dom João Cardoso Santos e às 18h
  • Procissão de encerramento após a missa das 18h
  • Onde: Igreja do Galo

Distribuição dos pãezinhos de Santo Antônio 

  • Quando: 13 de junho, após às missas
  • Onde: Calçada da Igreja do Galo

Programação social – Balaio junino

  • Quando: 16 de junho, após a missa das 18h
  • Onde: Pátio da Igreja do Galo
  • Bilhete: R$5

Bingo

  • Quando: 07 de julho, às 14h
  • Onde: Pátio da Igreja do Galo
  • Cartela: R$20

Sobre o autor: admin

Os frades Capuchinhos do Convento Santo Antônio convidam toda a população a participar da 259ª Trezena em honra a um dos maiores santos da Ordem Franciscana, Santo Antônio. Entre 31 de maio e 12 de junho, serão treze dias consecutivos de celebrações religiosas e sociais realizadas na Igreja do Galo, na Cidade Alta. Uma oportunidade ímpar para os devotos do santo expressarem e renovarem sua fé, além de exercerem sua solidariedade.

A Trezena de Santo Antônio, que é patrimônio imaterial do RN conforme a lei estadual nº 11.327/2022, tem neste ano como lema: “Perseverar na oração com Santo Antônio, semeando a esperança”. Essa, de acordo com o guardião do Convento, Frei Diniz, é um chamado aos fiéis, um grande convite para a programação de missas diárias com a recitação da trezena, além da quermesse e das procissões de abertura e encerramento que vão passar pelas ruas do bairro.

Na capital potiguar, Santo Antônio é a figura católica mais cultuada pelos natalenses, logo após a padroeira da cidade, Nossa Senhora da Apresentação, tendo registros da memória devocional em diversos textos de Câmara Cascudo. Nos escritos sagrados, Ele é frequentemente mencionado como o santo taumaturgo, ou seja, realizador de milagres em vida; um grande pregador do Evangelho e protetor dos pobres, título que recebeu graças a sua obra como frei franciscano ao auxiliar os necessitados.

Público cresce a cada ano

Antes mesmo do início da programação oficial, que começa na sexta-feira (31) com uma carreata do Colégio Marista até a Igreja do Galo, já acontece uma peregrinação da imagem do santo pelas casas dos fiéis. A cada ano, o público da Trezena aumenta, chegando a ultrapassar as paredes da igreja e lotar também as calçadas.

“As pessoas que vêm ao nosso Convento para celebrar, vêm movidas pela fé e esperança para pedir a Deus pela intercessão de Santo Antônio, que proteja e abençoe as suas famílias. Às vezes, a pessoa não vem aqui durante o ano, mas na festa, faz questão de vir para agradecer pelas graças recebidas. São inúmeros os que confirmam que foram atendidas em momentos de aflição e sofrimento, que na dificuldade recorrem a Santo Antônio, que intercede a Deus por elas para que alcancem sua graça. E por isso essa ligação, esse afeto com o santo”, relata o Frei Diniz.

Benção dos pães de Santo Antônio

No encerramento da Trezena, em 13 de junho, acontece também a benção dos pães – uma tradição que faz menção a um dos muitos milagres do Santo. Conta a história que Santo Antônio sempre distribuía os pães de seu convento aos que passavam pedindo esmola; certo dia, a cozinha foi roubada e ele, então, fez surgir mais para continuar praticando a caridade.

Assim, até hoje, no dia de sua comemoração, os pães de Santo Antônio são abençoados e distribuídos aos fiéis para que nunca falte alimento na mesa. Nesta data, o Arcebispo Dom João Cardoso Santos celebra a missa das 10h na Igreja do Galo e depois, a distribuição acontece.

“Quem tem a oportunidade de participar da trezena, vê no olhar dos fiéis a ternura e gratidão a Santo Antônio, especialmente por ele ter sido um homem próximo das pessoas, que dedicou sua vida a ajudar os que mais passavam necessidade”, complementa o guardião do Convento.

Devoção e solidariedade

Segundo o Frei Diniz, é inspirado na obra de caridade de Santo Antônio que o Convento mantém a tradição de auxiliar pessoas em situação de vulnerabilidade, colocando em prática o ensinamento do evangelho. Ao longo do ano, 130 famílias são atendidas com a distribuição de cestas básicas e eventos que promovem atendimento médico e escuta ativa. Somado a isso, a instituição desenvolve a Ronda Paz e Bem, que realiza a distribuição de sopa todo domingo para uma média de 400 pessoas em situação de rua no entorno do Baldo e nos bairros do Alecrim e Ribeira.

Para ajudar a manter esse trabalho, a programação da Trezena conta com um balaio junino no valor de R$5 a ser sorteado em 16 de junho. Um bingo também será realizado após a festividade, no dia 07 de julho, para angariar fundos para o trabalho social. Aqueles que quiserem contribuir à distância, podem fazer uma doação por meio da chave PIX CNPJ 11.021.607/0006-89. Para mais informações, acesse a página @igrejadogalorn ou entre em contato pelo telefone (84) 98170-5728.

SERVIÇO – Trezena de Santo Antônio 2024

Carreata de abertura

  • Quando: 31 de maio, às 17h30
  • Onde: Saída do Colégio Marista (Rua Apodi, 330 – Tirol, Natal) em direção à Igreja do Galo  (Rua Santo Antônio, 698 – Cidade Alta, Natal)

Programação religiosa – Missas e recitação da Trezena

  • Quando: De 31 de maio a 12 de junho, às 18h
  • Onde: Igreja do Galo

Celebrações no  Dia de Santo Antônio

  • Quando: 13 de junho, com missas às 6h30, às 10h com o Arcebispo Dom João Cardoso Santos e às 18h
  • Procissão de encerramento após a missa das 18h
  • Onde: Igreja do Galo

Distribuição dos pãezinhos de Santo Antônio 

  • Quando: 13 de junho, após às missas
  • Onde: Calçada da Igreja do Galo

Programação social – Balaio junino

  • Quando: 16 de junho, após a missa das 18h
  • Onde: Pátio da Igreja do Galo
  • Bilhete: R$5

Bingo

  • Quando: 07 de julho, às 14h
  • Onde: Pátio da Igreja do Galo
  • Cartela: R$20

Sobre o autor: admin

Postagens relacionadas

Voltar para as notícias

Compartilhe