Futuros profissionais de Psicologia e Enfermagem estarão juntos discutindo e aprendendo mais sobre os mecanismos de identificação e tratamento para pessoas com comportamento suicida. Em alusão à campanha Setembro Amarelo, que visa conscientizar à população sobre a prevenção de suicídios, a faculdade Estácio de Natal, unidade Ponta Negra, promove a I Jornada Interdisciplinar de Valorização à Vida. O evento ocorrerá de 17 a 20 de setembro, na própria instituição.

A proposta, segundo o professor de Psicologia, Zacarias Ramalho, um dos coordenadores do evento, é trazer à academia novas informações de saúde sobre a temática – como as novas tecnologias utilizadas para identificação e tratamento do comportamento que pode levar ao suicídio – além de prepará-los aos cuidados com os pacientes acometido por algum tipo de transtorno mental.

“É muito importante esta integração entre a Enfermagem e a Psicologia, pois para o cuidado com o paciente é preciso uma ação conjunta e interdisciplinar”, frisa. A preocupação é internacional: a Organização Mundial da Saúde (OMS) estabeleceu a meta de reduzir em 10% os casos de mortes por suicídio até 2020.

Além das orientações aos estudantes, a Jornada irá expor a situação atual do sistema de saúde. “Ainda há muita dificuldade para o tratamento de pessoas com comportamento suicida, principalmente na atenção básica. Muitas vezes o profissional de saúde identifica a necessidade de um tratamento, mas não há como encaminhar por falta de vagas para consultas psicológicas”, comenta a professora do curso de Enfermagem da Estácio, Romeika Sena, também coordenadora do evento.

Na programação haverá palestras sobre a promoção de saúde mental a partir do desenvolvimento de atividades artísticas, a produção de cuidado interdisciplinar e multiprofissional na atenção básica. Terá ainda orientações sobre a estratégia de manejo e cuidado com o usuário com transtorno mental, e uma exposição sobre a complexidade da notificação compulsória em tentativas de suicídio e automutilação.

Campanha Setembro Amarelo

O “Setembro Amarelo” é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio. No Brasil, foi criado em 2015 pelo CVV (Centro de Valorização da Vida), CFM (Conselho Federal de Medicina) e ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria), com a proposta de associar à cor ao mês que marca o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio (10 de setembro).

Sobre o autor: Letra A

Futuros profissionais de Psicologia e Enfermagem estarão juntos discutindo e aprendendo mais sobre os mecanismos de identificação e tratamento para pessoas com comportamento suicida. Em alusão à campanha Setembro Amarelo, que visa conscientizar à população sobre a prevenção de suicídios, a faculdade Estácio de Natal, unidade Ponta Negra, promove a I Jornada Interdisciplinar de Valorização à Vida. O evento ocorrerá de 17 a 20 de setembro, na própria instituição.

A proposta, segundo o professor de Psicologia, Zacarias Ramalho, um dos coordenadores do evento, é trazer à academia novas informações de saúde sobre a temática – como as novas tecnologias utilizadas para identificação e tratamento do comportamento que pode levar ao suicídio – além de prepará-los aos cuidados com os pacientes acometido por algum tipo de transtorno mental.

“É muito importante esta integração entre a Enfermagem e a Psicologia, pois para o cuidado com o paciente é preciso uma ação conjunta e interdisciplinar”, frisa. A preocupação é internacional: a Organização Mundial da Saúde (OMS) estabeleceu a meta de reduzir em 10% os casos de mortes por suicídio até 2020.

Além das orientações aos estudantes, a Jornada irá expor a situação atual do sistema de saúde. “Ainda há muita dificuldade para o tratamento de pessoas com comportamento suicida, principalmente na atenção básica. Muitas vezes o profissional de saúde identifica a necessidade de um tratamento, mas não há como encaminhar por falta de vagas para consultas psicológicas”, comenta a professora do curso de Enfermagem da Estácio, Romeika Sena, também coordenadora do evento.

Na programação haverá palestras sobre a promoção de saúde mental a partir do desenvolvimento de atividades artísticas, a produção de cuidado interdisciplinar e multiprofissional na atenção básica. Terá ainda orientações sobre a estratégia de manejo e cuidado com o usuário com transtorno mental, e uma exposição sobre a complexidade da notificação compulsória em tentativas de suicídio e automutilação.

Campanha Setembro Amarelo

O “Setembro Amarelo” é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio. No Brasil, foi criado em 2015 pelo CVV (Centro de Valorização da Vida), CFM (Conselho Federal de Medicina) e ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria), com a proposta de associar à cor ao mês que marca o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio (10 de setembro).

Sobre o autor: Letra A

Postagens relacionadas

Voltar para as notícias

Compartilhe