A coerência na construção da personagem e a aceitação dela pelo público potiguar fazem da Naty, ícone infantil do Natal Shopping (NAT), o principal case de mascote nos shoppings centers do Brasil. O reconhecimento veio pelo podcast Nos Corredores do Varejo, da Fronte Pesquisa, que entrevistou a gerente de marketing do empreendimento, Diana Petta, no programa desta quarta-feira (18). A conversa está disponível no Youtube e em plataformas de streaming.

Segundo Diana, a Naty ressignificou toda a jornada do cliente no mall, trazendo uma experiência mais lúdica e afetiva para o empreendimento. “Ela tem o espaço próprio, o Parque da Naty, que está localizado no corredor principal, se tornando um destino. Os nossos clientes saem de casa para viver esse momento em família, e acredito que o grande diferencial para esse sucesso é que nós tivemos todo cuidado para ter os valores dela bem definidos no posicionamento e na construção do storytelling”, analisa.

Com ouro no Prêmio Abrasce para o case “Naty, a mascote: construindo memória afetiva e conexão emocional desde a infância”, na categoria Eventos e Promoções, a Naty e suas ações que se destacam a nível nacional fizeram do Natal Shopping o primeiro do RN a receber o prêmio.

“Quando definimos a mensagem dela, fizemos um trabalho forte de construção de imagem que é constante e ativo desde o nascimento dela no Dia das Crianças de 2021. No ano seguinte, ela lançou o livro ‘Naty e a Natureza’, para a primeira infância sobre educação ambiental, e isso ressignificou a data. Hoje não é mais o Dia das Crianças, é o aniversário da Naty, e é uma data muito forte para nós, com programação especial o mês inteiro”, conta.

Segundo Diana, a Naty já é a personagem principal nas grandes datas do varejo voltadas para o público infantil no Natal Shopping –  Carnaval, Páscoa, festa juninas –, e neste Dia das Crianças, foi preciso aumentar de um dia de aniversário da Naty para um mês de brincadeiras para poder atender à demanda do público, que está engajado desde a sua criação.

E para criar uma mascote de tamanho sucesso, a gerente de marketing dá a dica: “tem que entender o perfil de cada shopping, porque depende muito do cliente. Nas nossas pesquisas percebemos que nosso público é formado por família e temos o entretenimento e lazer muito fortes. E manter a presença constante para que o mascote consiga se fortalecer. Naty não é a primeira, mas é a mais forte, porque mantivemos a constância de ações, ativações e pautas. Sempre pensamos em oferecer experiência no mall, então aqui a Naty cabe muito, especialmente porque ela foi criada com um propósito”, explica.

Embaixadora das causas sociais

Criada para ser mais do que uma personagem para ações de entretenimento e lazer, a mascote Naty é uma embaixadora das causas sociais e sustentáveis que o Natal Shopping tem como prioridade no momento. “Hoje, em tudo o que vamos trabalhar para o público infantil que envolve relação emocional e causas sustentáveis e sociais, ela é nossa porta voz para passar a mensagem”, diz Diana.

“A Naty não é só uma mascote para falar da nossa marca, ela tem o propósito de ajudar a transformar a sociedade e para isso existem ações concretas para que a gente consiga contribuir com essa transformação”, diz Diana. E os resultados do impacto da Naty são vistos nas ações que ela protagoniza, como a loja Naty do Bem, que arrecadou toneladas de alimentos para o Natal Sem Fome 2022 e o projeto Naty nas Escolas, em que a personagem vai até instituições de ensino públicas para fazer a conscientização sobre sustentabilidade na primeira infância com peça teatral e a distribuição de exemplares do seu livro, que também conta com edição em braille.

Todas essas ações, conta a gerente de marketing, estão alinhadas com os valores da Ancar Ivanhoe, administradora do shopping, que recentemente lançou uma agenda Horizonte ESG para consolidar seu compromisso com ações de governança social e sustentabilidade até 2030.

Produtos e próximos passos

Na capital potiguar, o Natal Shopping é o único que tem mascote e Diana conta que o empreendimento percebe a diferença que faz. “Foi um movimento forte que influenciou também as operações do shopping”, relata. Os produtos da personagem – almofada, livro, caderno de atividades, cartela de adesivos, entre outros – ajudam a fortalecer a conexão fora dos corredores do empreendimento e garantem que a personagem esteja presente em diversos momentos da vida infantil.

“Notamos o carinho e a conexão dos clientes ao usar esses produtos, já vimos uma mãe com uma bonequinha de crochê feita à mão porque não conseguiu pegar nossa almofada, crianças que contam que dormem com a Naty, que levam a almofadinha para fazer exame no hospital, temos o laço pra cabelo, cartela de adesivo, e temos agora os nossos embaixadores, as Nateletes e os Natutos, que são fãs autênticos e tem uma atenção especial nas nossas ações”.

Outra recente novidade foi o lançamento da Turma da Naty, um projeto musical que conta com três canções produzidas com artistas locais para reforçar a mensagem que a Naty quer passar. “A Naty é uma defensora daquela infância raiz, com brincadeiras, e a música faz parte dessa vivência. Então lançamos uma música sobre a amizade e outra sobre autoestima infantil, para que nossos pequenos se sintam empoderados a aproveitar bastante o dia”, destaca.

Nesse ritmo, a Naty também vai estar presente no Natal do empreendimento. “Essa data é a que mais traz encantamento pro nosso público, temos a chegada do Papai Noel em uma festa muito bonita e queremos trazer a Naty pra esse momento também, na nossa decoração, nas nossas atividades, porque sabemos que é dela que o cliente Natal Shopping mais gosta”, aponta a gerente de marketing.

Sobre o autor: admin

A coerência na construção da personagem e a aceitação dela pelo público potiguar fazem da Naty, ícone infantil do Natal Shopping (NAT), o principal case de mascote nos shoppings centers do Brasil. O reconhecimento veio pelo podcast Nos Corredores do Varejo, da Fronte Pesquisa, que entrevistou a gerente de marketing do empreendimento, Diana Petta, no programa desta quarta-feira (18). A conversa está disponível no Youtube e em plataformas de streaming.

Segundo Diana, a Naty ressignificou toda a jornada do cliente no mall, trazendo uma experiência mais lúdica e afetiva para o empreendimento. “Ela tem o espaço próprio, o Parque da Naty, que está localizado no corredor principal, se tornando um destino. Os nossos clientes saem de casa para viver esse momento em família, e acredito que o grande diferencial para esse sucesso é que nós tivemos todo cuidado para ter os valores dela bem definidos no posicionamento e na construção do storytelling”, analisa.

Com ouro no Prêmio Abrasce para o case “Naty, a mascote: construindo memória afetiva e conexão emocional desde a infância”, na categoria Eventos e Promoções, a Naty e suas ações que se destacam a nível nacional fizeram do Natal Shopping o primeiro do RN a receber o prêmio.

“Quando definimos a mensagem dela, fizemos um trabalho forte de construção de imagem que é constante e ativo desde o nascimento dela no Dia das Crianças de 2021. No ano seguinte, ela lançou o livro ‘Naty e a Natureza’, para a primeira infância sobre educação ambiental, e isso ressignificou a data. Hoje não é mais o Dia das Crianças, é o aniversário da Naty, e é uma data muito forte para nós, com programação especial o mês inteiro”, conta.

Segundo Diana, a Naty já é a personagem principal nas grandes datas do varejo voltadas para o público infantil no Natal Shopping –  Carnaval, Páscoa, festa juninas –, e neste Dia das Crianças, foi preciso aumentar de um dia de aniversário da Naty para um mês de brincadeiras para poder atender à demanda do público, que está engajado desde a sua criação.

E para criar uma mascote de tamanho sucesso, a gerente de marketing dá a dica: “tem que entender o perfil de cada shopping, porque depende muito do cliente. Nas nossas pesquisas percebemos que nosso público é formado por família e temos o entretenimento e lazer muito fortes. E manter a presença constante para que o mascote consiga se fortalecer. Naty não é a primeira, mas é a mais forte, porque mantivemos a constância de ações, ativações e pautas. Sempre pensamos em oferecer experiência no mall, então aqui a Naty cabe muito, especialmente porque ela foi criada com um propósito”, explica.

Embaixadora das causas sociais

Criada para ser mais do que uma personagem para ações de entretenimento e lazer, a mascote Naty é uma embaixadora das causas sociais e sustentáveis que o Natal Shopping tem como prioridade no momento. “Hoje, em tudo o que vamos trabalhar para o público infantil que envolve relação emocional e causas sustentáveis e sociais, ela é nossa porta voz para passar a mensagem”, diz Diana.

“A Naty não é só uma mascote para falar da nossa marca, ela tem o propósito de ajudar a transformar a sociedade e para isso existem ações concretas para que a gente consiga contribuir com essa transformação”, diz Diana. E os resultados do impacto da Naty são vistos nas ações que ela protagoniza, como a loja Naty do Bem, que arrecadou toneladas de alimentos para o Natal Sem Fome 2022 e o projeto Naty nas Escolas, em que a personagem vai até instituições de ensino públicas para fazer a conscientização sobre sustentabilidade na primeira infância com peça teatral e a distribuição de exemplares do seu livro, que também conta com edição em braille.

Todas essas ações, conta a gerente de marketing, estão alinhadas com os valores da Ancar Ivanhoe, administradora do shopping, que recentemente lançou uma agenda Horizonte ESG para consolidar seu compromisso com ações de governança social e sustentabilidade até 2030.

Produtos e próximos passos

Na capital potiguar, o Natal Shopping é o único que tem mascote e Diana conta que o empreendimento percebe a diferença que faz. “Foi um movimento forte que influenciou também as operações do shopping”, relata. Os produtos da personagem – almofada, livro, caderno de atividades, cartela de adesivos, entre outros – ajudam a fortalecer a conexão fora dos corredores do empreendimento e garantem que a personagem esteja presente em diversos momentos da vida infantil.

“Notamos o carinho e a conexão dos clientes ao usar esses produtos, já vimos uma mãe com uma bonequinha de crochê feita à mão porque não conseguiu pegar nossa almofada, crianças que contam que dormem com a Naty, que levam a almofadinha para fazer exame no hospital, temos o laço pra cabelo, cartela de adesivo, e temos agora os nossos embaixadores, as Nateletes e os Natutos, que são fãs autênticos e tem uma atenção especial nas nossas ações”.

Outra recente novidade foi o lançamento da Turma da Naty, um projeto musical que conta com três canções produzidas com artistas locais para reforçar a mensagem que a Naty quer passar. “A Naty é uma defensora daquela infância raiz, com brincadeiras, e a música faz parte dessa vivência. Então lançamos uma música sobre a amizade e outra sobre autoestima infantil, para que nossos pequenos se sintam empoderados a aproveitar bastante o dia”, destaca.

Nesse ritmo, a Naty também vai estar presente no Natal do empreendimento. “Essa data é a que mais traz encantamento pro nosso público, temos a chegada do Papai Noel em uma festa muito bonita e queremos trazer a Naty pra esse momento também, na nossa decoração, nas nossas atividades, porque sabemos que é dela que o cliente Natal Shopping mais gosta”, aponta a gerente de marketing.

Sobre o autor: admin

Postagens relacionadas

Voltar para as notícias

Compartilhe