No atual cenário, em que as informações são cada vez mais aceleradas e somos submetidos a um grande volume de conteúdo online, para conseguir destaque em meio aos concorrentes, talvez você precise recorrer à mídia paga para dar destaque a uma divulgação específica.

Afinal, além de ser vista, uma marca precisa ser lembrada na grande vitrine digital e, justamente por isso, essa pode ser uma solução para diferenciar o seu negócio no competitivo mercado da internet

Se este é o seu caso, confira quais são as possibilidades para impulsionar o alcance de uma campanha e acelerar a conquista dos seus objetivos. 

O que é mídia paga?

A mídia paga é uma estratégia que tem como foco principal o impulsionamento de diversos formatos de conteúdo para aumentar o alcance de um produto. Por conseguir atingir mais pessoas do que as plataformas entregariam normalmente, o método pode contemplar potenciais clientes que ainda não chegaram ao fundo do funil, acelerando o processo de conversão

Mídia paga: o que é e como fazer

Os benefícios dessa forma de publicidade são muitos: é possível refinar de forma precisa a segmentação do anúncio, escolher as palavras-chave estratégicas do negócio, a duração e a plataforma na qual o impulsionamento ocorrerá. Tudo para que você vá até onde está o público que deseja atingir. 

Além disso, também é possível fazer uma análise sobre os resultados obtidos com a veiculação do anúncio, de forma a checar se os objetivos esperados foram alcançados e se a estratégia utilizada precisa ser alterada de alguma forma. 

É importante lembrar que esse resultado será consequência do valor investido, ou seja, o alcance dependerá do orçamento disponibilizado para o anúncio.

Mídia paga x mídia orgânica 

Até aqui, você já deve ter notado a clara diferença entre a mídia paga e as estratégias mais comuns que estamos acostumados a ver pelas redes sociais: aquelas que fazem parte da mídia orgânica, e que operam de maneira espontânea.

Esse tipo de publicação pode ser metrificado por meio do engajamento que a postagem consegue.

> Confira nosso texto sobre como aumentar o engajamento no Instagram em 7 passos

 

via GIPHY

Já a estratégia de tráfego pago se diferencia justamente por envolver um investimento financeiro, que é o valor voltado para patrocínio. Assim, o conteúdo de sua escolha é impulsionado para um público específico, que pode ultrapassar a bolha dos seus seguidores já conquistados

A mídia orgânica é bastante valorizada por acontecer de forma inteiramente sem artifícios e, justamente por isso, garantir um público que despertou um interesse genuíno na sua marca sem a sua intervenção. 

Porém, como o crescimento por mídia orgânica pode ser gradativo e levar um certo tempo para apresentar resultados nas redes sociais, a mídia paga tem também suas vantagens sobre ela. Vamos entender como esse formato funciona?

Como funciona a estratégia de mídia paga?

O processo para ter seu anúncio veiculado no mundo digital pode ser mais fácil do que você imagina. Inicialmente, é necessário definir o valor que será investido no impulsionamento, com auxílio de uma análise financeira da empresa para reservar um orçamento sustentável para o anúncio. 

Após essa definição prévia, a estratégia será montada a partir da escolha do público-alvo e de algumas outras características pertinentes para a campanha em questão, podendo variar bastante de acordo com o conteúdo a ser impulsionado no anúncio. 

Há ainda a possibilidade de utilizar o método conhecido como PPC pagar por clique. Desta forma, o orçamento direcionado para a mídia paga será distribuído para contemplar as ações que o usuário realiza no anúncio veiculado, como número de cliques, visualizações e encaminhamentos. 

Mensuração de resultados

Outra grande vantagem é que as plataformas conseguem, após um certo período de veiculação, oferecer dados precisos sobre os resultados alcançados por aquele anúncio. Com os indicadores em mãos, é possível planejar e personalizar melhor futuras campanhas.

Vantagens da mídia paga 

Agora vamos dar uma olhada nas vantagens em escolher a mídia paga como forma de aumentar a divulgação do seu negócio. 

Valores flexíveis

Como mencionamos acima, os resultados do anúncio são proporcionais aos valores investidos nele, mas isso não significa que o processo seja necessariamente caro

É possível conseguir bons resultados iniciais com valores que sejam coerentes com a verba disponível e com a realidade atual da empresa.

Resultado mais rápido

Como o processo de veiculação e, consequentemente, a aparição do anúncio para o seu público é praticamente imediato, os resultados da estratégia de mídia paga são bem rápidos quando comparados à  mídia tradicional e orgânica que estamos habituados. 

Devido a isso, optar por fazer esse investimento em tráfego pago pode ser um bom atalho para se pegar quando você precisa divulgar projetos que necessitem de uma conversão imediata, seja ela para compras, visualizações ou visitas ao site da empresa. 

Diversidade de formatos e plataformas

A mídia paga é uma das estratégias mais diversas quando falamos sobre plataformas para a execução do processo. 

São muitos os sites que você pode utilizar para gerar o seu anúncio e recomendamos que testes sejam feitos no período inicial.

Além disso, o formato do seu anúncio também pode variar bastante, indo desde uma postagem no Instagram até uma landing page em seu site para divulgar um produto específico. Se jogue nas possibilidades!

Conheça as plataformas de mídia paga 

Hora de colocar a mão na massa! Vamos conhecer agora as mais comuns e utilizadas plataformas para veicular o seu anúncio de mídia paga.  

Facebook Ads

Bastante conhecido pelo layout intuitivo de sua plataforma, o Facebook Ads consegue patrocinar anúncios veiculados no Instagram, Messenger, Audience Network e no próprio Facebook. 

Também é possível segmentar seu público por idade, região, gostos pessoais e curtidas, sendo assim mais fácil de especificar o público que você deseja alcançar. 

Instagram Ads

 

via GIPHY

A rede social oferece um próprio sistema interno para o impulsionamento de postagens de uma forma mais simples para anunciantes que estão iniciando nessa estratégia.

Através do Instagram Empresas, é possível impulsionar imagens sozinhas ou em formato carrossel e vídeos. 

Google Ads

A plataforma oficial de anúncios do Google permite a criação de links patrocinados aqueles que aparecem no topo da página com o título “Anúncio” quando procuramos algo no Google. 

Os pagamentos são feitos por cliques e visualizações, e é possível direcionar os anúncios por meio das palavras-chave definidas para cada impulsionamento.

Como medir os resultados de um anúncio digital

Anúncio no ar, agora só resta uma parte essencial da estratégia: a coleta e análise dos resultados obtidos com o impulsionamento. Grande parte das plataformas de anúncio já oferecem dentro do seu próprio sistema a opção de gerar dados e analisá-los para personalizar os anúncios futuros, não sendo necessária a migração para um outro site. 

Dessa forma, ao realizar a análise da metrificação de resultados do seu anúncio, é importante que você mantenha um olhar crítico sobre os seguintes pontos:

  • Taxa de cliques no anúncio;
  • Custo por cada potencial cliente que foi convertido;
  • Custo por cada aquisição realizada;
  • Retorno do investimento em publicidade, mais conhecido como ROAS (Return of Advertising Spend).

E então, tudo pronto para veicular o seu anúncio? Aproveita para compartilhar esse texto em suas redes sociais e já deixar os seus atuais seguidores atentos para o que pode estar por vir!

Sobre o autor: Aline Barbosa

Assine a newsletter da Letra A e receba nossos conteúdos em primeira mão!

* indicates required

Intuit Mailchimp

No atual cenário, em que as informações são cada vez mais aceleradas e somos submetidos a um grande volume de conteúdo online, para conseguir destaque em meio aos concorrentes, talvez você precise recorrer à mídia paga para dar destaque a uma divulgação específica.

Afinal, além de ser vista, uma marca precisa ser lembrada na grande vitrine digital e, justamente por isso, essa pode ser uma solução para diferenciar o seu negócio no competitivo mercado da internet

Se este é o seu caso, confira quais são as possibilidades para impulsionar o alcance de uma campanha e acelerar a conquista dos seus objetivos. 

O que é mídia paga?

A mídia paga é uma estratégia que tem como foco principal o impulsionamento de diversos formatos de conteúdo para aumentar o alcance de um produto. Por conseguir atingir mais pessoas do que as plataformas entregariam normalmente, o método pode contemplar potenciais clientes que ainda não chegaram ao fundo do funil, acelerando o processo de conversão

Mídia paga: o que é e como fazer

Os benefícios dessa forma de publicidade são muitos: é possível refinar de forma precisa a segmentação do anúncio, escolher as palavras-chave estratégicas do negócio, a duração e a plataforma na qual o impulsionamento ocorrerá. Tudo para que você vá até onde está o público que deseja atingir. 

Além disso, também é possível fazer uma análise sobre os resultados obtidos com a veiculação do anúncio, de forma a checar se os objetivos esperados foram alcançados e se a estratégia utilizada precisa ser alterada de alguma forma. 

É importante lembrar que esse resultado será consequência do valor investido, ou seja, o alcance dependerá do orçamento disponibilizado para o anúncio.

Mídia paga x mídia orgânica 

Até aqui, você já deve ter notado a clara diferença entre a mídia paga e as estratégias mais comuns que estamos acostumados a ver pelas redes sociais: aquelas que fazem parte da mídia orgânica, e que operam de maneira espontânea.

Esse tipo de publicação pode ser metrificado por meio do engajamento que a postagem consegue.

> Confira nosso texto sobre como aumentar o engajamento no Instagram em 7 passos

 

via GIPHY

Já a estratégia de tráfego pago se diferencia justamente por envolver um investimento financeiro, que é o valor voltado para patrocínio. Assim, o conteúdo de sua escolha é impulsionado para um público específico, que pode ultrapassar a bolha dos seus seguidores já conquistados

A mídia orgânica é bastante valorizada por acontecer de forma inteiramente sem artifícios e, justamente por isso, garantir um público que despertou um interesse genuíno na sua marca sem a sua intervenção. 

Porém, como o crescimento por mídia orgânica pode ser gradativo e levar um certo tempo para apresentar resultados nas redes sociais, a mídia paga tem também suas vantagens sobre ela. Vamos entender como esse formato funciona?

Como funciona a estratégia de mídia paga?

O processo para ter seu anúncio veiculado no mundo digital pode ser mais fácil do que você imagina. Inicialmente, é necessário definir o valor que será investido no impulsionamento, com auxílio de uma análise financeira da empresa para reservar um orçamento sustentável para o anúncio. 

Após essa definição prévia, a estratégia será montada a partir da escolha do público-alvo e de algumas outras características pertinentes para a campanha em questão, podendo variar bastante de acordo com o conteúdo a ser impulsionado no anúncio. 

Há ainda a possibilidade de utilizar o método conhecido como PPC pagar por clique. Desta forma, o orçamento direcionado para a mídia paga será distribuído para contemplar as ações que o usuário realiza no anúncio veiculado, como número de cliques, visualizações e encaminhamentos. 

Mensuração de resultados

Outra grande vantagem é que as plataformas conseguem, após um certo período de veiculação, oferecer dados precisos sobre os resultados alcançados por aquele anúncio. Com os indicadores em mãos, é possível planejar e personalizar melhor futuras campanhas.

Vantagens da mídia paga 

Agora vamos dar uma olhada nas vantagens em escolher a mídia paga como forma de aumentar a divulgação do seu negócio. 

Valores flexíveis

Como mencionamos acima, os resultados do anúncio são proporcionais aos valores investidos nele, mas isso não significa que o processo seja necessariamente caro

É possível conseguir bons resultados iniciais com valores que sejam coerentes com a verba disponível e com a realidade atual da empresa.

Resultado mais rápido

Como o processo de veiculação e, consequentemente, a aparição do anúncio para o seu público é praticamente imediato, os resultados da estratégia de mídia paga são bem rápidos quando comparados à  mídia tradicional e orgânica que estamos habituados. 

Devido a isso, optar por fazer esse investimento em tráfego pago pode ser um bom atalho para se pegar quando você precisa divulgar projetos que necessitem de uma conversão imediata, seja ela para compras, visualizações ou visitas ao site da empresa. 

Diversidade de formatos e plataformas

A mídia paga é uma das estratégias mais diversas quando falamos sobre plataformas para a execução do processo. 

São muitos os sites que você pode utilizar para gerar o seu anúncio e recomendamos que testes sejam feitos no período inicial.

Além disso, o formato do seu anúncio também pode variar bastante, indo desde uma postagem no Instagram até uma landing page em seu site para divulgar um produto específico. Se jogue nas possibilidades!

Conheça as plataformas de mídia paga 

Hora de colocar a mão na massa! Vamos conhecer agora as mais comuns e utilizadas plataformas para veicular o seu anúncio de mídia paga.  

Facebook Ads

Bastante conhecido pelo layout intuitivo de sua plataforma, o Facebook Ads consegue patrocinar anúncios veiculados no Instagram, Messenger, Audience Network e no próprio Facebook. 

Também é possível segmentar seu público por idade, região, gostos pessoais e curtidas, sendo assim mais fácil de especificar o público que você deseja alcançar. 

Instagram Ads

 

via GIPHY

A rede social oferece um próprio sistema interno para o impulsionamento de postagens de uma forma mais simples para anunciantes que estão iniciando nessa estratégia.

Através do Instagram Empresas, é possível impulsionar imagens sozinhas ou em formato carrossel e vídeos. 

Google Ads

A plataforma oficial de anúncios do Google permite a criação de links patrocinados aqueles que aparecem no topo da página com o título “Anúncio” quando procuramos algo no Google. 

Os pagamentos são feitos por cliques e visualizações, e é possível direcionar os anúncios por meio das palavras-chave definidas para cada impulsionamento.

Como medir os resultados de um anúncio digital

Anúncio no ar, agora só resta uma parte essencial da estratégia: a coleta e análise dos resultados obtidos com o impulsionamento. Grande parte das plataformas de anúncio já oferecem dentro do seu próprio sistema a opção de gerar dados e analisá-los para personalizar os anúncios futuros, não sendo necessária a migração para um outro site. 

Dessa forma, ao realizar a análise da metrificação de resultados do seu anúncio, é importante que você mantenha um olhar crítico sobre os seguintes pontos:

  • Taxa de cliques no anúncio;
  • Custo por cada potencial cliente que foi convertido;
  • Custo por cada aquisição realizada;
  • Retorno do investimento em publicidade, mais conhecido como ROAS (Return of Advertising Spend).

E então, tudo pronto para veicular o seu anúncio? Aproveita para compartilhar esse texto em suas redes sociais e já deixar os seus atuais seguidores atentos para o que pode estar por vir!

Sobre o autor: Aline Barbosa

Postagens relacionadas

Voltar para o blog

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário