Mais da metade da população brasileira não considera a depressão como um transtorno mental: 53% acreditam que é uma doença da alma ou uma consequência de um momento difícil, de acordo com o mais recente estudo do Ibope “Depressão, suicídio e tabu no Brasil: um novo olhar sobre a Saúde Mental”. O transtorno, no entanto, é a principal causa do suicídio, que mata uma pessoa a cada 45 minutos no país. Combater essa que é a quarta maior causa de morte entre jovens no Brasil é o intuito do movimento Setembro Amarelo e de empresas como a Rui Cadete Consultores, que promove uma semana inteira dedicada à saúde mental dos colaboradores.

“Vivemos em um mundo muito corrido, em um cenário que muda constantemente e que as redes sociais e a própria sociedade impõem vários padrões e tudo isso mexe muito com o emocional das pessoas. Todo esse contexto faz com que muitas vezes você acabe caindo em uma depressão, os próprios questionamentos fazem com que as pessoas acabem se vendo à beira do suicídio, então não tem como a gente esconder e deixar de falar sobre isso”, comenta Ana Cláudia Medeiros, gerente de Recursos Humanos da Rui Cadete Consultores.

A Saúde Mental é o tema principal da Semana de Qualidade de Vida, inciativa promovida durante todo o mês de setembro na Rui Cadete. O evento, que já é tradição na empresa, tem como foco estimular o diálogo e práticas que corroborem para a saúde do corpo e da mente, sobretudo no contexto da Contabilidade, que é uma atividade cujo perfil é visto como estressante para quem atua na área – pela necessidade de cumprir prazos e por lidar com finanças, um aspecto tão delicado da vida empresarial dos clientes. No entanto, durante esta semana, o foco muda para o que mais importa na rotina profissional: a saúde dos colaboradores.

A ação acontece de 9 a 13 de setembro e traz profissionais da área para promover debates com os colaboradores. “Abordar a questão da saúde mental já é algo que fazemos há uns três anos e esse ano estamos retomando porque acreditamos que a saúde mental está diretamente relacionada à própria estabilidade física, à questão fisiológica e hoje a gente sabe que os principais problemas de saúde começam de fato no âmbito emocional”, analisa Ana Cláudia.

Dentro da programação o evento oferece palestras e atividades com profissionais da saúde. Temas como “A importância da Psicoterapia” e “Ansiedade: como lidar com ela” serão tratados da segunda-feira (9) a sexta-feira (13). Outros tópicos como suicídio, depressão e alimentação também serão abordados por psicólogos e nutricionista durante a semana. O evento ainda conta com um momento de Ioga e Relaxamento para os colaboradores promovido pela educadora física Monique Galvão.

Sobre o autor: Letra A

Mais da metade da população brasileira não considera a depressão como um transtorno mental: 53% acreditam que é uma doença da alma ou uma consequência de um momento difícil, de acordo com o mais recente estudo do Ibope “Depressão, suicídio e tabu no Brasil: um novo olhar sobre a Saúde Mental”. O transtorno, no entanto, é a principal causa do suicídio, que mata uma pessoa a cada 45 minutos no país. Combater essa que é a quarta maior causa de morte entre jovens no Brasil é o intuito do movimento Setembro Amarelo e de empresas como a Rui Cadete Consultores, que promove uma semana inteira dedicada à saúde mental dos colaboradores.

“Vivemos em um mundo muito corrido, em um cenário que muda constantemente e que as redes sociais e a própria sociedade impõem vários padrões e tudo isso mexe muito com o emocional das pessoas. Todo esse contexto faz com que muitas vezes você acabe caindo em uma depressão, os próprios questionamentos fazem com que as pessoas acabem se vendo à beira do suicídio, então não tem como a gente esconder e deixar de falar sobre isso”, comenta Ana Cláudia Medeiros, gerente de Recursos Humanos da Rui Cadete Consultores.

A Saúde Mental é o tema principal da Semana de Qualidade de Vida, inciativa promovida durante todo o mês de setembro na Rui Cadete. O evento, que já é tradição na empresa, tem como foco estimular o diálogo e práticas que corroborem para a saúde do corpo e da mente, sobretudo no contexto da Contabilidade, que é uma atividade cujo perfil é visto como estressante para quem atua na área – pela necessidade de cumprir prazos e por lidar com finanças, um aspecto tão delicado da vida empresarial dos clientes. No entanto, durante esta semana, o foco muda para o que mais importa na rotina profissional: a saúde dos colaboradores.

A ação acontece de 9 a 13 de setembro e traz profissionais da área para promover debates com os colaboradores. “Abordar a questão da saúde mental já é algo que fazemos há uns três anos e esse ano estamos retomando porque acreditamos que a saúde mental está diretamente relacionada à própria estabilidade física, à questão fisiológica e hoje a gente sabe que os principais problemas de saúde começam de fato no âmbito emocional”, analisa Ana Cláudia.

Dentro da programação o evento oferece palestras e atividades com profissionais da saúde. Temas como “A importância da Psicoterapia” e “Ansiedade: como lidar com ela” serão tratados da segunda-feira (9) a sexta-feira (13). Outros tópicos como suicídio, depressão e alimentação também serão abordados por psicólogos e nutricionista durante a semana. O evento ainda conta com um momento de Ioga e Relaxamento para os colaboradores promovido pela educadora física Monique Galvão.

Sobre o autor: Letra A

Postagens relacionadas

Voltar para as notícias

Compartilhe