Neste período de férias escolares, muitas famílias viajam de carro para destinos mais próximos para aproveitar o período de férias. No entanto, é importante tomar alguns cuidados antes de pegar a estrada, para que o passeio seja totalmente seguro e sem imprevistos. Além da manutenção regular do automóvel, é fundamental que o motorista observe a posição do seu corpo ao dirigir.

A Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet) alerta que a posição incorreta do condutor, aliada à vibração do veículo, provoca uma fadiga muscular intensa, e pode ocasionar lesões vertebrais graves. “O ajuste correto dos componentes do carro nos livra do risco de acidentes ortopédicos e proporciona benefícios, como mais prazer ao dirigir e em sentir o desempenho do veículo durante a viagem”, informa o professor de Fisioterapia da Estácio Ponta Negra, João Luiz Pandolphi.

“Sentar no banco de forma errada e com o posicionamento dos controles do veículo inadequados pode levar a dores nas costas, nos braços e pernas ou até evoluir para doenças crônicas. Por isso, os motoristas sempre devem prestar atenção à postura ao dirigir”, alerta Pandolphi. Segundo o profissional, que é especialista em ergonomia, é preciso ficar alerta às posições e movimentos executados – seja motorista ou até passageiro.

Atenção ao dirigir:

– As pernas do motorista devem estar semiflexionadas. Regule o banco de maneira que consiga alcançar os pedais sem necessitar se esticar ou tocá-los apenas com as pontas dos pés;

– As costas devem estar totalmente apoiadas no encosto do banco, com os pulsos posicionados na parte superior do aro do volante, mantendo o braço levemente dobrado;

– A inclinação do volante deve ficar de uma forma que seja possível enxergar o painel de instrumentos, sem precisar levantar ou abaixar a cabeça. A direção não deve tocar nas coxas – a distância ideal é de cerca de um punho.

– Lembre-se de posicionar o cinto de segurança sobre os ombros e a cintura, para que forme uma diagonal;

– Os retrovisores devem ficar na altura dos olhos, evitando sobrecarga na coluna cervical (pescoço) e nos ombros.

Sobre o autor: Letra A

Neste período de férias escolares, muitas famílias viajam de carro para destinos mais próximos para aproveitar o período de férias. No entanto, é importante tomar alguns cuidados antes de pegar a estrada, para que o passeio seja totalmente seguro e sem imprevistos. Além da manutenção regular do automóvel, é fundamental que o motorista observe a posição do seu corpo ao dirigir.

A Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet) alerta que a posição incorreta do condutor, aliada à vibração do veículo, provoca uma fadiga muscular intensa, e pode ocasionar lesões vertebrais graves. “O ajuste correto dos componentes do carro nos livra do risco de acidentes ortopédicos e proporciona benefícios, como mais prazer ao dirigir e em sentir o desempenho do veículo durante a viagem”, informa o professor de Fisioterapia da Estácio Ponta Negra, João Luiz Pandolphi.

“Sentar no banco de forma errada e com o posicionamento dos controles do veículo inadequados pode levar a dores nas costas, nos braços e pernas ou até evoluir para doenças crônicas. Por isso, os motoristas sempre devem prestar atenção à postura ao dirigir”, alerta Pandolphi. Segundo o profissional, que é especialista em ergonomia, é preciso ficar alerta às posições e movimentos executados – seja motorista ou até passageiro.

Atenção ao dirigir:

– As pernas do motorista devem estar semiflexionadas. Regule o banco de maneira que consiga alcançar os pedais sem necessitar se esticar ou tocá-los apenas com as pontas dos pés;

– As costas devem estar totalmente apoiadas no encosto do banco, com os pulsos posicionados na parte superior do aro do volante, mantendo o braço levemente dobrado;

– A inclinação do volante deve ficar de uma forma que seja possível enxergar o painel de instrumentos, sem precisar levantar ou abaixar a cabeça. A direção não deve tocar nas coxas – a distância ideal é de cerca de um punho.

– Lembre-se de posicionar o cinto de segurança sobre os ombros e a cintura, para que forme uma diagonal;

– Os retrovisores devem ficar na altura dos olhos, evitando sobrecarga na coluna cervical (pescoço) e nos ombros.

Sobre o autor: Letra A

Postagens relacionadas

Voltar para as notícias

Compartilhe